Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Lutas / MMA / AINDA RIVAIS?

Antes de luta, Anderson prega respeito a Sonnen, que responde: "Vim fazer dano"

Antes de mais uma luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen, 'Spider' prega respeito em coletiva, afasta rivalidade, mas norte-americano mantém personagem

Pedro Moralez
por Pedro Moralez

Publicado em 13/06/2024, às 09h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Anderson Silva e Sonnen falam antes de nova luta - Getty Images
Anderson Silva e Sonnen falam antes de nova luta - Getty Images

Alguns dias antes da grande luta de despedida de Anderson Silva dos ringues no Brasil, o histórico lutador brasileiro concedeu uma entrevista coletiva junto de seu adversário, Chael Sonnen. Na oportunidade, ambos tiveram a chance de contar como a grande rivalidade antiga entre os dois se transformou na amizade e respeito demonstradas. Sempre educado, o brasileiro foi gentil ao falar do companheiro, diferente de Chael, que voltou a mostrar a ironia de sempre.

"A gente tem que entender o quanto ele me tornou um lutador melhor, e eu o ajudei a torná-lo melhor. E dentro desta falação, Chael (Sonnen) é um especialista, então eu tenho a certeza que hoje, estamos aqui, podendo dar esse espetáculo para as pessoas, e ainda sermos falados, justamente porque ele é um cara que sabe usar isso da forma correta. A gente nunca teve rivalidade fora da luta, só dentro, o que é normal. Ele usou do conhecimento de causa dele, para vender a luta, da maneira mais incrível, e todos falam disso", comentou Anderson.

Apesar de 'Spider' ter se mostrado gentil com o adversário mais uma vez, Sonnen não perdeu a oportunidade de utilizar todo o seu sarcasmo durante sua vez de responder sobre o tema. Ele contou como conheceu Anderson, ainda antes de entrar para o mundo das lutas, e como passou a respeitá-lo com o passar dos anos.

"Era 2002, eu estava no ramo de carros, e ficava lendo sobre um cara que chamava Anderson Silva. Ele era magro, lutava no Japão, dançava para entrar no ringue e eu adorava, ele dançava e nocauteava alguém em 10 segundos. Ele entra no UFC alguns anos depois com 84kg, e é agora que entro no jogo, porque a estreia dele foi contra meu companheiro de equipe, Chris Leiben. Chris era tão duro, nunca escolheu adversário, e Anderson 'amassou a cabeça dele'", começou a história.

Sonnen em ação no UFC
Sonnen em ação no UFC - Getty Images

"São algumas das coisas que não tem como olhar para o Anderson, 'ele é o cara, como eu queria ser, está fazendo o que eu queria fazer'. É uma destas coisas que vem como respeito, honra e amizade, são palavras bonitas, mas o que os homens vão fazer para ter respeito e honra podem ser coisas muito ruins, e o combate é um desses jeitos. Eu respeito e honro o Anderson, mas a regra número um deste esporte é 'dano'. Você consegue causar mais dano no oponente, do que ele causou em você? E é isso para isso que vim aqui", completou o norte-americano na oportunidade.