Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / OPÇÃO!

PSG: Nagelsmann é descartado, e brasileiro surge como opção

Após as negociações pela contratação de Julian Nagelsmann não darem certo, o PSG segue a busca por nomes, e cogita ídolo brasileiro do clube; veja

Pedro Moralez
por Pedro Moralez

Publicado em 16/06/2023, às 20h44

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
PSG descarta Nagelsmann e cogita brasileiro - Getty Images
PSG descarta Nagelsmann e cogita brasileiro - Getty Images

Depois de algumas conversas em busca de um acerto, está definido que Julian Nagelsmann não será o próximo técnico do PSG. Com Galtier fora dos planos, e o alemão também descartado, surge o ítalo-brasileiro Thiago Motta como um dos principais nomes cotados para o cargo.

A notícia de que Nagelsmann realmente não seria contratado pelo PSG surgiu inicialmente no L'Equipe, que também afirmou que o profissional não teria aceitado os termos da oferta do clube francês. Ele era o principal alvo da diretoria na busca pelo substituto de Christophe Galtier, demitido ao fim da última temporada.

Dessa forma, o diretor Luís Campos e seus companheiros voltam a olhar o mercado, e Thiago Motta, ex-jogador e ídolo do clube surge como opção. Apesar disso, o comandante está empregado no Bologna atualmente, o que pode ser um empecilho, já que seu contrato é válido por mais uma temporada.

Como dito anteriormente, Thiago é adorado pela torcida que lembra de sua época como jogador na França. Foram seis anos vestindo a camisa do PSG, entre 2012 e 2018, onde acumulou diversos títulos. Foram quatro Campeonatos Franceses, além de quatro Copas, outras quatro Copas da Liga e cinco Supercopas.

Thiago Motta em ação pelo Bologna
Thiago Motta em ação pelo Bologna / Créditos: Getty Images

Vale lembrar também que, após mais uma negociação frustrada, Julian Nagelsmann seguirá desempregado por enquanto. O alemão está livre no mercado desde que foi demitido do Bayern de Munique no último mês de março. Ele ficou por lá durante uma temporada e meia, e conquistou um Campeonato Alemão e duas Supertaças.