Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / VINGANÇA DE 2016!

Nos pênaltis, a França elimina Portugal e segue viva na Euro

Nesta sexta-feira, 5, Portugal e França se enfrentaram pelas quartas de final da Euro 2024, com classificação francesa nos pênaltis

Redação Publicado em 05/07/2024, às 18h49

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Nos pênaltis, a França elimina Portugal e segue viva na Euro - Getty Images
Nos pênaltis, a França elimina Portugal e segue viva na Euro - Getty Images

Nesta sexta-feira, 5, Portugal e França se enfrentaram pelas quartas de final da Eurocopa. Após as duas seleções conquistaram suas classificações com muita emoção, a decisão para avançar e enfrentar a Espanha não poderia ser diferente. Após o empate nos 90 minutos, o jogo seguiu para a prorrogação e foi decidido nos pênaltis, com vitória francesa. 

O jogo começou muito equilibrado, com um certo domínio de Portugal, que criava as melhores oportunidades na velocidade de Rafael Leão. Porém, logo em seguida, a França teve uma sequência boa de jogadas, principalmente pelo lado esquerdo, com a dobradinha entre Theo Hernández e Mbappé. No entanto, o primeiro tempo terminou com o placar zerado e tudo em aberto. Intervalo! 0 a 0.

Na volta para a segunda etapa, a França retomou com um ritmo mais frenético em campo. Mesmo com os franceses pressionando, Portugal teve uma grande chance com Bruno Fernandes, que parou em uma defesa espetacular de Maignan. Porém, após essa chegada, os portugueses ficaram mais na defensiva.

Pelo lado francês, Kolo Muani teve chance clara para abrir o placar, mas acabou finalizando para fora na saída de Diogo Costa. Sem resolução nos 90 minutos, a decisão foi para a prorrogação que teve uma grande chance desperdiçada por Cristiano Ronaldo, que recebeu na grande área, mas finalizou para muito longe do gol defendido por Maignan. 

Cristiano Ronaldo em cobrança de falta no segundo tempo (Crédito: Getty Images)
Cristiano Ronaldo em cobrança de falta no segundo tempo (Crédito: Getty Images)

Apesar do nível de cansaço elevado das duas equipes, a prorrogação foi franca e com chances para ambos os lados, mas sem eficácia. Para a segunda etapa do tempo extra, Deschamps tirou Mbappé para a entrada de Barcola, mas nada impediu que a decisão fosse para os pênaltis. Nas penalidades, João Félix perdeu e os franceses levaram a melhor. Fim de jogo!