Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / DE SAÍDA?

Frustrado, Cuca informa elenco do Athletico que irá deixar o cargo

Após novo empate nos minutos finais, o técnico Cuca afirmou ao elenco do Athletico que deixará o cargo; situação deixa profissional sem clima

Redação Publicado em 24/06/2024, às 08h18 - Atualizado às 11h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cuca pode deixar o Athletico-PR - Getty Images
Cuca pode deixar o Athletico-PR - Getty Images

O terceiro empate consecutivo do Athletico-PR no Brasileirão levou o técnico Cuca a tomar uma nova decisão sobre seu futuro, a descontinuidade no cargo. Segundo o "Globo Esporte", isso foi tema na conversa com os jogadores pós-jogo, já que o comandante está decepcionado com os gols sofridos nos minutos finais das partidas.

Depois da partida contra o Corinthians, o treinador afirmou aos jogadores que não continuaria no cargo de técnico, e logo depois se encaminhou para a entrevista coletiva. Lá, falou abertamente sobre assuntos que são tratados internamente, e isso não teria caído bem nos bastidores do Furacão.

Nesta segunda-feira, 24, a diretoria do clube pretende ter uma conversa com o treinador sobre seu futuro. Isso porque esta é a data de reapresentação de todo o elenco para preparação ao próximo compromisso da temporada, contra o Cruzeiro, fora de casa, na próxima quarta-feira, 26.

Oficialmente, o Athletico-PR segue sem se manifestar sobre o que vem acontecendo, mas a informação é que não há mais clima para uma continuidade do treinador dentro do clube. Mesmo assim, a reunião citada anteriormente é o que vai sacramentar o futuro do profissional e sua comissão técnica.

Athletico empatou com o Corinthians no Brasileirão
Athletico empatou com o Corinthians no Brasileirão - Agência Corinthians / Rodrigo Coca

Vale lembrar que a frustração se dá pelos três jogos em sequência, sofrendo gols de empate nos acréscimos. Primeiro foi contra o Flamengo, aos 99 minutos, logo depois com o Botafogo, aos 98, e então contra o Corinthians, aos 92. Em todas as oportunidades, o resultado era de 1 a 0 para a equipe, que precisou se contentar apenas com o empate.