Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / CAMPEONATO BRASILEIRO

Fluminense x Corinthians: Felipe Melo é expulso e dá encarada em árbitro

Felipe Melo ficou na bronca com a arbitragem de Paulo César Zanovelli no Maracanã; jogador ironizou a decisão nas redes sociais

Gabriela Santos
por Gabriela Santos

Publicado em 20/10/2023, às 08h25 - Atualizado às 13h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fluminense x Corinthians: Felipe Melo é expulso e dá encarada em árbitro - Reprodução
Fluminense x Corinthians: Felipe Melo é expulso e dá encarada em árbitro - Reprodução

A arbitragem de Paulo César Zanovelli em Fluminense x Corinthians rendeu muitas reclamações do lado Tricolor. Aos 25 minutos da etapa final no Maracanã, Felipe Melo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso no banco de reservas. Irritado, o zagueiro invadiu o campo e encarou o árbitro.

Felipe Melo foi punido com o amarelo após a falta marcada contra o Flu, no lance de Samuel Xavier. Foi a segunda expulsão do time da casa em poucos minutos. Thiago Santos também havia sido expulso no banco de reservas por reclamação; no caso dele, a bronca ficou sobre o possível pênalti em Keno, mas foi marcada a falta no atacante dos mandantes.

Nas redes sociais, o perfil do Fluminense ironizou as expulsões da partida. Felipe Melo adotou o mesmo tom que o clube e comentou uma publicação do possível pênalti cometido por Fábio Santos, do Corinthians. O árbitro não foi chamado para revisar o lance pela equipe de vídeo. 

O zagueiro foi titular na partida e recebeu o primeiro amarelo ainda no primeiro tempo. O defensor foi substituído no intervalo de jogo e deu lugar para Jhon Arias. No momento da expulsão, apesar de peitar o árbitro, ele deixou o campo em seguida.

Em súmula, árbitro relata xingamentos

Na súmula da partida, Paulo César Zanovelli detalhou a expulsão do zagueiro tricolor. Segundo o árbitro, Felipe Melo reclamou do lance de “maneira acintosa” e o chamou de “sem vergonha”.

“Por reclamar de maneira acintosa contra as decisões da arbitragem, saindo do banco de suplentes, dando socos no ar, após a marcação de falta contra sua equipe. Informo que após o referido jogador receber o segundo cartão amarelo e consequentemente o cartão vermelho, veio correndo em minha direção de forma agressiva e desrespeitosa colocando seu rosto próximo ao meu, proferindo as seguintes palavras: 'Você vai me expulsar, seu sem vergonha’”, diz o documento.

“Relato ainda que, o atleta expulso, retornou invadindo o campo de jogo em minha direção continuando com as ofensas e agora com as seguintes palavras: 'Não estou preocupado se vou tomar dez jogos de suspensão, safado, safado eu não reclamei', precisando ser contido por alguns companheiros de sua equipe”, seguiu o árbitro.