Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / É CAMPEÃ

Espanha bate Inglaterra e é campeã da Copa do Mundo Feminina pela 1ª vez

Com gol de Olga Carmona, a Espanha superou a Inglaterra e conquistou o inédito título da Copa do Mundo Feminina; veja o resumo da final

Gabriela Santos
por Gabriela Santos

Publicado em 20/08/2023, às 09h07 - Atualizado às 10h42

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Espanha e Inglaterra se enfrentaram pela final da Copa do Mundo Feminina - GettyImages
Espanha e Inglaterra se enfrentaram pela final da Copa do Mundo Feminina - GettyImages

A Espanha venceu a Inglaterra por 1 a 0 neste domingo, 20, e conquistou o título da Copa do Mundo Feminina pela primeira vez na história. Olga Carmona anotou o único gol no Accor Stadium, em Sydney, na Austrália. No segundo tempo, Hermoso chegou a ter um pênalti defendido pela goleira Mary Earps e não ampliou o placar da decisão.

A Espanha se juntou à Alemanha como os únicos países a vencerem a Copa do Mundo Feminina e Masculina. Curiosamente, a seleção espanhola venceu as duas finais pelo placar de 1 a 0: no Mundial de 2010, na África do Sul, Iniesta garantiu o título sobre a Holanda. 

O jogo

O primeiro tempo em Sydney foi equilibrado. A seleção espanhola apostou na posse da bola, enquanto a Inglaterra tentou levar perigo no contra-ataque. Aos 16 minutos, as inglesas acertaram o travessão no chute de Lauren Hemp. Aos 17, a Espanha respondeu na finalização de Redondo, após cruzamento, exigindo grande defesa da goleira Mary Earps - que tirou a bola no reflexo.

A Espanha abriu o placar aos 29 minutos, com gol de Olga Carmona. Após vacilo de Lucy Bronze, Carmona recebeu nas costas da inglesa o passe de Caldentey. A capitã espanhola invadiu a área e bateu cruzado, no canto esquerdo de Earps: 1 a 0. Aos 46 minutos, Paralluelo mandou uma bola na trave e quase ampliou o marcador.

Carmona garantiu o gol do título da Espanha
Carmona garantiu o gol do título da Espanha (Crédito: GettyImages) 

O segundo tempo foi melhor para as inglesas, que chegaram perto de empatar aos nove minutos, quando Stanway acionou Kelly, que cruzou para o segundo pau na medida para Hemp cabecear; Cata Coll defendeu a finalização na esquerda.

A melhor chance de gol da etapa final foi da Espanha. Aos 19 minutos, Caldentey tentou o drible para cima de Walsh, mas a volante inglesa bloqueou com o braço. A árbitra Tori Penso foi chamada pela equipe do VAR, para revisar o lance no vídeo, e assinalou o pênalti para as espanholas. Hermoso foi para a cobrança, bateu no canto esquerdo e viu a goleira Mary Earps fazer uma grande defesa e evitar o segundo gol espanhol.  

No fim, a Espanha controlou o resultado da partida. Aos 46, Mary Earps defendeu a finalização de Batle. As espanholas também chegaram com Paralluelo, Paredes e Bonmatí.