Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / EITA!

Cuca rebate Petraglia após ser acusado de traição: “Precisei...”

Ex-treinador do Athletico-PR, Cuca respondeu à fala de Mario Celso Petraglia, presidente do clube, referente à sua saída; confira a nota do comandante

Redação Publicado em 25/06/2024, às 12h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cuca, ex-técnico do Athletico-PR - José Tramontin/Athletico
Cuca, ex-técnico do Athletico-PR - José Tramontin/Athletico

Cuca, ex-técnico do Athletico-PR, trouxe a réplica do pronunciamento de Mario Celso Petraglia, presidente do clube, em relação à sua saída. O dirigente havia acusado o comandante de apresentar um comportamento “descontrolado” nos vestiários, além de ter dito que a decisão de deixar o Furacão foi uma traição.

“Vestiário é sagrado! Em décadas de futebol, aprendi que uma das funções de um comandante é proteger seu grupo de jogadores. Quando a temperatura está quente, meu papel é baixá-la. Precisei interferir nesse sentido. Jogadores arrasados que precisavam de acolhimento e não de mais cobranças e julgamentos”, destacou Cuca.

Confira abaixo o restante da nota oficial:

Quando entramos na roda de oração pós-jogo, com todos desolados, não era hora de se buscar culpados. Tentaram! Me senti obrigado a assumir toda a responsabilidade e colocar meu cargo à disposição, como forma de resguardar o grupo. Fui convidado para um projeto grandioso no ano do centenário do Clube, e não gostaria de ter deixado o trabalho antes de concluído.

O projeto sempre foi desenhado através de reuniões internas onde a comissão técnica pleiteou um grupo maior de jogadores, visto o tamanho da responsabilidade que tínhamos. Nenhuma demanda foi feita publicamente, apenas dentro do escopo dessas reuniões, onde sempre entendi as limitações orçamentárias do clube e por isso levei opções diversas.

Antes de assumir o Athletico eu recebi outras propostas de trabalho. Inclusive, meses antes, do próprio Clube. Eu serei sempre grato pela receptividade e apoio do torcedor. A relação até a oração de ontem era mutuamente equilibrada e respeitosa. Quando aceitei o convite, o fiz honrado e com um sonho de grandes conquistas. Conheci uma estrutura única, mas contava com uma construção de grupo com ainda mais alternativas.

Agradeço mais uma vez a oportunidade de poder comandar meu time do coração. Estou muito triste, mas não poderia ter tomado qualquer decisão diferente naquele momento. Obrigado, torcedor, pela paciência e voto de confiança. Obrigado aos jogadores que me acolheram sempre muito bem, e com quem sempre tive ótima relação. Agradeço aos funcionários do clube por tanta gentileza comigo e com a minha comissão. Desejo sorte e vitórias ao furacão!


Como dizem os sábios: o tempo é o senhor da razão!


Cuca


25/06/2024