Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / EITA!

Corinthians: Luxemburgo desabafa sobre vitória contra Santos e detona protesto

O Corinthians conseguiu uma grande vitória contra o Santos na última quarta-feira, 21, e Vanderlei Luxemburgo mandou um recado ao elenco e torcedores

Lucas Miluzzi
por Lucas Miluzzi

Publicado em 22/06/2023, às 08h30 - Atualizado às 12h52

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O Corinthians venceu o Santos no Brasileirão, e Vanderlei Luxemburgo respirou um pouco mais aliviado - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
O Corinthians venceu o Santos no Brasileirão, e Vanderlei Luxemburgo respirou um pouco mais aliviado - Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians venceu o Santos no Brasileirão, e Vanderlei Luxemburgo respirou um pouco mais aliviado. O Timão chegou pressionado para o clássico e sofreu com ataques ao seu ônibus na noite da última terça-feira, 20. Sem segurança, a equipe ficou trancada no veículo durante 40 minutos e retornou para São Paulo. A equipe só foi para o clássico no dia da partida, na última quarta-feira, 21, e arrancou uma vitória de 2 a 0. 

Mesmo com o resultado positivo, Vanderlei Luxemburgo fez questão de dizer que os protestos da torcida não adiantaram em nada. Pelo contrário, o técnico revelou que teve que fazer outro tipo de trabalho para que os jogadores estivessem prontos para enfrentar o Santos. De acordo com o técnico do Corinthians, esse tipo de manifestação só atrapalhou. Além disso, ele contou que a decisão de voltar para São Paulo foi conversar com Duílio Monteiro Alves. 

"Não tinha falado sobre o episódio do ônibus e nosso retorno para São Paulo porque o foco era o jogo, mas agora tenho de falar. A decisão de voltar foi tomada com o presidente, em conversa por telefone e por bom senso com as crianças, mulheres e idosos que estavam no hotel e poderiam se ferir numa confusão. Voltamos e descemos hoje com a polícia fazendo nossa segurança. Jogamos e ganhamos no campo. Precisamos de paz. Pressão ou porrada não faz ganhar, o que faz ganhar jogo é trabalho", afirmou. 

Santos e Corinthians
Atletas do Corinthians durante toda a confusão após o clássico contra o Santos no Brasileirão (Crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Vanderlei Luxemburgo ainda aproveitou o momento para falar sobre a vitória contra o Santos e a influência dos protestos no Corinthians!

"Ganhamos o jogo, mas o campeonato não termina hoje. Time jogou bola. Essa vitória é 70% dos jogadores e 30% minha. Na semana, isso se inverte. É trabalho físico, tático. Vocês não têm noção de como a invasão faz a cabeça do jogador ficar e a gente tem que arrumar. Não é só tática. Temos que criar ambiente para seguir no futebol", começou a analisar a vitória e também a falar em relação ao protesto antes do clássico. 

"Na semana, fizemos incessantemente, diminuição de espaço. Jogamos em 35% do campo apenas, dividimos em três terços e apertamos muito. Não fizemos marcação adiantada. Marcamos na intermediária. Foi na semana. Saída de bola, eu trabalhei muito. Não adianta sair com a bola se não treina. Cássio foi fundamental. Ele tem um passe preciso com o pé. Botou Bidu, Fábio, Róger por dentro. Sempre tinham opção. Não foi hoje, é treino. Se tomar porrada no jogo seguinte, vem tudo de novo. Bem claro: falei para eles, deliciem-se com a vitória, foi muito importante para nós, mas termina aqui. Já começa no próximo jogo para ter algo grande na frente. Trabalharam muito pela vitória, foi boa, mas tem coisa para rolar na competição ainda", completou.