Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / deu a lógica

Argentina não sofre sustos e garante vaga na final da Copa América

Com direito ao primeiro gol de Messi na edição, a albiceleste garantiu a quarta vaga nas últimas cinco decisões da Copa América

Redação Publicado em 09/07/2024, às 22h56

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jogadores comemoram o segundo gol - Getty Images
Jogadores comemoram o segundo gol - Getty Images

Nesta terça-feira (9), Argentina e Canadá se enfrentaram no MetLife Stadium, em Nova Jersey, pela primeira semifinal da Copa América 2024. Favoritíssimos, os argentinos repetiram o placar da fase de grupos, com direito ao primeiro gol de Messi na edição.

No primeiro tempo, a seleção canadense começou mais solta e chegava mais à área argentina, mas com dificuldade nas ações finais. A primeira boa chance, porém, veio quando Ángel Di María avançou pelo lado direito, cortou para dentro e passou para Messi. O camisa 10 chutou de fora da área e a bola passou perto da trave de Crépeau.

Mesmo em um momento de superioridade canadense, o talento argentino prevaleceu quando Rodrigo De Paul deu um lindo lançamento para Julián Álvarez, que ganhou do zagueiro e chutou por baixo do goleiro para abrir o placar.

Com o gol, a Argentina tomou mais as rédeas da partida e criou chances para ampliar, com Di María, Tagliafico e inclusive Messi, que recebeu passe do camisa 11 argentino, cortou para a perna direita e chutou perto do gol. A única boa chance do Canadá aconteceu no fim da etapa, quando um lateral cobrado sobrou para Jonathan David na pequena área. Entretanto, Emiliano Martínez fechou o ângulo do atacante e defendeu.

A volta dos vestiários não pôde ser melhor para os argentinos, que, logo aos 5 minutos, ampliaram o placar. Após boa jogada e cruzamento de De Paul, a defesa do Canadá rebateu e a bola sobrou no pé de Enzo Fernández, que, da entrada da área, chutou. No caminho, bastou Lionel Messi desviar a bola para tirar a chance de defesa do goleiro. Os canadenses reclamaram de uma possível posição irregular do craque da Argentina, mas as imagens do VAR comprovaram a legalidade do tento.

A partir daí, a albiceleste só precisou gerenciar a partida e aproveitar o fraco poder de decisão da seleção do Canadá, que só chegou à meta de Dibu nos acréscimos com duas boas chances de Tani Oluwaseyi, mas sem sucesso. Fim de jogo, 2x0. Confira alguns dados da partida:

  • Posse de bola: Argentina 52,4% x 47,6% Canadá
  • Finalizações (certas): Argentina 10 (3); Canadá 9 (2)
  • Faltas cometidas: Argentina 5 x 14 Canadá
  • Passes certos (%): Argentina 396 (91%); Canadá 394 (93%)

Com a vaga garantida, a Argentina carimba sua quarta participação na final nas cinco últimas edições da Copa América. Para se tornar a maior campeã do torneio (atualmente há um empate com o Uruguai, com 15 títulos cada), a Argentina entrará em campo no próximo domingo contra o vencedor de Colômbia x Uruguai, que ocorre nesta quarta-feira (10). 

Mesmo com a derrota, a Copa América ainda não acabou para o Canadá, que agora se prepara para a disputa de terceiro lugar.