Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Fórmula 1 / GP DE SILVERSTONE

Para alegria da torcida local o grid de largada do GP da Inglaterra será 100% britânico

George Russel fez a pole position, Lewis Hamilton completa a primeira fila e Lando Norris larga em terceiro em Silverstone

Luca Coelho
por Luca Coelho

Publicado em 06/07/2024, às 14h06

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
George Russel comemora a pole position para o GP da Inglaterra - Getty Images
George Russel comemora a pole position para o GP da Inglaterra - Getty Images

Ser piloto da casa e conhecer desde cedo cada mínimo detalhe da pista de Silverstone fez a diferença. Nos treinos livres já dava para perceber. Depois de Lewis Hamilton fazer o tempo mais rápido no Q1 e a McLaren de Lando Norris liderar o Q2, George Russel superou os compatriotas na última classificatória, e vai largar na frente no Grande Prêmio da Inglaterra da Fórmula 1. Russel cravou o tempo de 1m 25.819s, 0.171s mais rápido que Hamilton, e pela primeira vez desde Interlagos 2022 a Mercedes terá seus dois pilotos na primeira fila.

Mais rápido nos treinos livres, Norris fez 1:26.030 e abre a segunda fila, tendo ao lado dele o alemão Max Verstappen, único intruso nesse domínio britânico nos primeiros lugares. A curva Copse se mostrou traiçoeira para os pilotos da Red Bull. Ainda no Q1 Sergio Perez estava com os pneus frios quando foi para a brita, não conseguiu sair e foi desclassificado. Atual tricampeão mundial, Max Verstappen também saiu da pista na mesma curva, quando os pilotos mudaram de pneus intermediários para slick. Ele conseguiu voltar, mas o carro sofreu danos no assoalho. A jornalista Julianne Cesaroli, do UOL, conversou com Verstappen depois do treino, e ele confirmou que o dano foi de 100 pontos de aerodinâmica e que a equipe tem um assoalho reserva da mesma especificação. Ao site da F-1, Max disse que “a equipe fez um ótimo trabalho para tentar reparar os danos, mas faltavam alguns pedaços que você não pode realmente colar, sabe. De lá em diante, estávamos apenas lutando com o equilíbrio do carro. No final do dia, estou muito feliz por ser P4, para ser honesto.” A decepção ficou por conta da Ferrari. Charles Leclerc, terceiro colocado no mundial de pilotos foi eliminado no Q2 e larga em décimo primeiro. Carlos Sainz será o sétimo.

O certo é se depender dos primeiros colocados no grid, são grandes as chance do hino britânico voltar a ser entoado em Silverstone 3 anos depois da vitória de Hamilton em 2021.  O GP da Inglaterra acontece no domingo, 6, a partir das 11h (Brasília) e terá transmissão ao vivo da Band.. Confira como ficou o grid de largada completo.

Grid de largada do GP da Inglaterra de F-1
Grid de largada do GP da Inglaterra - F1